22 de julho de 2008

Ainda as conversas com o melhor amigo

J. - "É estupido, mas às vezes servem só para preencher os dias em que não temos mais nada para fazer. Parece-me ser este o caso..."
Eu - "Obrigada J. ..."

J. - "No entanto Inês, ele não sabe a sorte que podia ter"
Será que a última frase foi sincera ou serviu só para atenuar a dor/verdade da primeira?

3 comentários:

IandU disse...

O rapaz gosta de ti ;)

Joana disse...

Os homens com quem nos envolvemos são as novas mulheres!!! Tenho dito!!!

R disse...

E ele nao sabe mesmo a sorte que podia ter...